Pérolas aos Poucos III – A Máscara

pap3

Episódio III – A Máscara

(excerto)

Luis de Matos: (LM): A noção do anónimo é interessante porque leva-nos a pensar na forma como, na Tradição, Saint-Martin (que era um filósofo francês), tentou viver a Caridade. E a caridade deve ser anónima. A caridade deve ser feita, de facto, sem rosto. Devemos fazer a caridade sem que se saiba de onde ela vem. Era essa a sua forma de pensar.

Alexandre Honrado (AH): Há um movimento actualíssimo que diz que nós estamos a dirigir-nos todos para um momento de exigência da “caritas”, não da caridade de mão estendida, mas outro tipo de caridade. Uma caridade mais profunda em que dás de ti, o melhor de ti, para salvares os melhores que estão à tua volta e depois os que são piores então percebem que podem ser melhores.

LM: Sim. Ele chamava-lhe uma Caridade reparadora. Porque a ideia é reparar.

AH: Regeneradora ou reparadora.

LM: Exactamente. Porque há a caridade que mantém aquele que necessita da caridade, necessitando dela. Uma côdea de pão hoje, outra côdea de pão amanhã. E depois de amanhã a que horas é que vens cá buscar a tua côdea de pão? É que com uma côdea de pão nunca vais a lado nenhum. A Caridade de que ele fala não é essa. É a Caridade reparadora, de facto.

AH: Exactamente.

LM: E há uma Ordem que foi estabelecida à volta das suas ideias, que é a Ordem Martinista, que tem uma influência muito importante na cultura popular. E porquê? Porque aqueles que são iniciados nesta Ordem passam por um ritual onde a máscara é um ponto essencial. A máscara faz parte da sua vestimenta ritual.

AH: Mas com que essência?

LM: Colocam a máscara para poderem ser “invisíveis” no mundo.

AH: Nesse sentido…

LM: Nesse sentido.

AH: E a máscara introduz alguma expressão?

LM: Não. É aquela máscara…

AH: Anónima?

LM: Anónima. Completamente anónima. É aquela sem qualquer tipo de decoração. É completamente negra. Faz lembrar precisamente os heróis anónimos que vão aparecer depois na cultura popular.

AH: Mais uma vez os americanos, importando da Europa uma série de símbolos…

LM: Importando, fazem esta síntese. É o caso do Zorro. É um herói claramente ligado a esta tradição Martinista.

zorro1

LM: Estamos a ver uma imagem. A máscara é esta, negra. Ele tem a espada do herói, a espada da justiça e tem uma capa negra. Os Martinistas é assim que se vestem [com esses elementos: capa negra e máscara negra, com a espada com recordação da justiça.]  E depois do Zorro temos uma série de outros personagens. por exemplo, o Lone Ranger com o seu cavalo , que são sempre personificações de “cavaleiros” anónimos que ninguém sabe quem são na vida real.

AH: (…) Esta capa está presente nos heróis todos.

LM: Está cá porque [é uma referência] à lenda de São Martinho, que rasgou a sua capa para dar a um pedinte. A sua própria capa rasgou-a em duas e fez duas capas. Depois aparece-nos [mais tarde] o Super-Homem, que também tem a sua capa.

AH: Exactamente.

1524141-superman_flying1

LM: A máscara do Super-Homem é diferente.

AH: Tem duas máscaras…

LM: Tem duas máscaras. (ri-se)

AH: Tem a da vida real, porque ele é jornalista e mascara-se de pessoa comum e depois tem esta máscara do super-herói.

LM: É isso. Ele usa a máscara da vida real. Mas a noção [subjacente] continua a ser esta do anónimo. Aquele que vive entre os comuns, mas que tem poderes extraordinários. O Batman é outro caso, mais um herói que tem a sua capa e a sua máscara. O que é interessante entender é que estes super heróis que vão aparecendo vêm do passado, vêm [na linha] da tradição Martinista e de Saint-Martin. No caso do Batman já estamos a falar de um herói com conotações mais negras. A máscara é-nos apresentada na cultura popular anglo-americana numa última figuração muito interessante, que é a do Dath Vader.

(continua…)

Anúncios

Jornadas de Estudo – Maçonaria e Cristianismo

O IHS em cooperação com a Justa e Perfeita Loja “Adhuc Stat!”, nº 5 do GPRDH, com a Akademia Maçónica de Sintra, com a Editora Zéfiro e com o Grupo de Estudos e Investigações Martinistas e Martinezistas de España (GEIMME) vai promover no dia 29 de Setembro uma Conferência pelo Presidente do GEIMME relativa ao Rito Escocês Retificado, um dos mais importantes e mais bem documentado Rito Maçónico surgido há mais de 200 anos na França pré-revolucionária. O Rito Rectificado é cristão e está organizado de modo muito particular, já que não tem Altos Graus, mas sim uma Ordem Interior que supervisiona todo o conjunto maçónico.

A Conferência é muito aguardada e tem por título “Las Claves Espirituales de la Masonería Cristiana”, sendo uma oportunidade para Diego Cerrado discorrer acerca das origens cristãs da Maçoniaria, de que modo essas origens estão ainda presentes na Maçonaria nos seus múltiplos Ritos e de qual é a proposta iniciática da Maçonaria Rectificada, fundamentada essencialmente na doutrina de Martinez de Pasqually e na Escola de Alexandria original, de Orígenes e Clemente, fontes do Cristianismo Primitivo.

A Conferência insere-se nas comemorações do 1º Aniversário da Loja “Adhuc Stat!”, nº5, Loja Maçónica Rectificada a trabalhar em Portugal sob os auspícios do Grão Priorado Rectificado de Hispânia.

Os números de 2010

Os duendes das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Uau.

Números apetitosos

Imagem de destaque

Um Boeing 747-400 transporta 416 passageiros. Este blog foi visitado cerca de 8,000 vezes em 2010. Ou seja, cerca de 19 747s cheios.

 

Em 2010, escreveu 36 novos artigos, nada mau para o primeiro ano! Fez upload de 102 imagens, ocupando um total de 8mb. Isso equivale a cerca de 2 imagens por semana.

The busiest day of the year was 14 de Junho with 145 views. The most popular post that day was “A Maçonaria Desvendada” – Entrevista parte 1 de 9.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram ihshi.com, cpeubiose.org, facebook.com, maconaria.net e forum.thomar.org

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por um blog universátil, museu da república e maçonaria, maçonaria, universatil e maçons famosos

Atracções em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

“A Maçonaria Desvendada” – Entrevista parte 1 de 9 Junho, 2010
6 comentários

2

A propósito de um museu da “República e da Maçonaria” Fevereiro, 2010
8 comentários

3

Coleccionador constrói Museu da República e Maçonaria em Pedrógão Grande Fevereiro, 2010
7 comentários

4

Quem Sou Fevereiro, 2010

5

Conferências Fevereiro, 2010